Blog

Dia Mundial da Saúde Mental: tratamento de Ansiedade e Depressão com CBD

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define o conceito de saúde plena como o estado completo de bem-estar de um indivíduo, que se perpetua nas esferas física, social e mental. 

Considerando a importância deste último item, em 1992, a Federação Mundial da Saúde Mental instituiu o dia 10 de outubro com o objetivo de alertar sobre o valor e a necessidade de discutir sobre o assunto. 

Nesta data, palestras e ações são incentivadas para conscientizar e levar a público reflexões acerca dos cuidados para prevenção e tratamento de transtornos mentais.

Em meio a isolamentos e distanciamentos sociais provocados pela ainda recente pandemia de COVID-19, a saúde mental tem sido cada vez mais levada em pauta. 

Segundo a OMS, os transtornos de natureza psíquica devem ser encarados com os mesmos esforços direcionados a outros tipos de doença, sendo de extrema relevância a atenção a sintomas de alerta que podem indicar alterações no estado psicológico e comprometer a saúde completa de um indivíduo. 

Vale lembrar que muitos transtornos na saúde física partem da somatização de desordens emocionais ou psiquiátricas. As chamadas doenças psicossomáticas podem ser crônicas e ter raízes na depressão e na ansiedade. 

Como o CBD pode auxiliar nos tratamentos para Ansiedade e Depressão

​​Depressão e transtornos de ansiedade são condições comuns de saúde mental que podem ter efeitos duradouros na saúde, na vida social, na capacidade de trabalhar e no bem-estar geral de uma pessoa.

O médico pode prescrever medicamentos para ajudar uma pessoa a tratar ou controlar a depressão, entretanto muitos desses têm efeitos colaterais severos, como alterações de humor, insônia e disfunção sexual.

O CBD tem se mostrado promissor em estudos iniciais como tratamento para depressão e ansiedade, e pode causar menos efeitos colaterais em algumas pessoas.

Um estudo de 2018 com ratos publicado na Neuroscience News mostrou que apenas uma única dose de CBD ajudou a reduzir os sintomas de depressão por até uma semana. 

Os pesquisadores acreditam que o CBD ajuda a reparar os circuitos neurais no córtex pré-frontal e no hipocampo, que são danificados como resultado da depressão.

Em humanos, a ansiedade e a depressão são condições relacionadas a sono insatisfatório, dor e má regulação do humor, porque o sistema endocanabinoide não está funcionando com o melhor de sua capacidade.

Estudos indicam que o CBD pode influenciar positivamente nesses processos.

Um exemplo disso é que mais de 90% dos pacientes deprimidos queixam-se de dificuldades para adormecer, perturbações do sono ou despertar de manhã cedo. 

O CBD pode melhorar seu humor ou sua capacidade de controlar a condição em geral. 

O CBD também pode ser usado para tratar parassonias, distúrbios do sono como ranger de mandíbula, sonambulismo ou pesadelos, e também reduz o tempo que leva para adormecer.

Mais estudos precisam ser realizados, porém o potencial do uso do CDB é promissor.

Solicite já a visita de um consultor e conheça mais de nossa linha de produtos ou se inscreva no nosso Curso Gratuito e Online de Introdução à Cannabis Medicinal

Ao todo são 4 módulos com 20 aulas e 1 módulo extra com 11 aulas ministradas por médicos e grandes especialistas no tema.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Matérias Relacionadas