Blog

Dia 18 de Outubro: Feliz Dia do Médico!

Dia do Médico

No dia 18 de outubro, é comemorado no Brasil o Dia do Médico, profissional responsável por cuidar e promover a saúde de toda a população. Esta data foi escolhida em referência ao Dia de São Lucas, o padroeiro da medicina.

O médico é o profissional responsável por descobrir as doenças que afetam determinado paciente, dando suporte e indicações adequadas para a cura. Ele também é responsável por indicar formas de prevenir doenças e orientar o indivíduo para que ele tenha uma vida mais saudável.

A medicina, sem dúvida, é uma das áreas do conhecimento que exige maior comprometimento e responsabilidade do profissional. Para ser bom médico, é imprescindível investir constantemente na melhoria, estando sempre informado sobre as novas descobertas científicas, conhecendo novos tratamentos e testes, além de estar atento às novas doenças que surgem com frequência.

Na pandemia de Covid-19 os profissionais foram lideranças importantíssimas na linha de frente de combate à doença e, sem dúvidas, salvaram milhares de vidas.

Os cuidados com a saúde hoje são mais complexos do que nunca. Com mais avanços, ferramentas e informações ao seu alcance, os médicos têm um trabalho gigantesco de diagnosticar e tratar seus pacientes todos os dias.

Este é o dia para homenagear quem nos vê 365 dias por ano. Em cada cidade e hospital, em nossas forças armadas e em nossas comunidades rurais, os médicos pavimentam o caminho para melhores cuidados de saúde para seus pacientes.

Aproveite a oportunidade para agradecer ao seu médico por responder a telefonemas tarde da noite, trabalhar muitas horas e fornecer cuidados inabaláveis. Hoje, mais do que nunca, sabemos os sacrifícios que eles fazem para colocar a saúde de suas comunidades em primeiro lugar.

 

A comemoração do Dia do Médico é uma tentativa de enfatizar o valor dos médicos em nossas vidas e oferecer a eles nossos respeitos! E nosso muito obrigado!

Como os tratamentos com a Cannabis podem abrir novas portas para a medicina

O uso mais comum da Cannabis medicinal nos Estados Unidos – onde é totalmente legalizada para uso medicinal em 36 dos 50 estados – é para o controle da dor.

Ela é bastante eficaz no controle da dor crônica que assola milhões de americanos, especialmente à medida que envelhecem. Parte de suas vantagens é que é uma saída claramente mais segura do que os opiáceos (é impossível uma overdose) e pacientes podem tomá-la no lugar de anti-inflamatórios como ibuprofeno ou naproxeno, se as pessoas não puderem tomá-los devido a problemas com seus rins ou úlceras.

Em particular, a Cannabis parece aliviar a dor da esclerose múltipla e a dor nos nervos em geral. Esta é uma área onde existem poucas outras opções, e aquelas que existem são altamente sedativas. Os pacientes afirmam que a Cannabis permite que retomem suas atividades anteriores sem se sentirem completamente desligados e desengajados.

Nesse sentido, a Cannabis é considerada um fantástico relaxante muscular, e as pesquisas revelam sua capacidade de diminuir os tremores no mal de Parkinson. Também há bastante sucesso para fibromialgia, endometriose, cistite intersticial e a maioria das outras condições em que a via final comum é a dor crônica.

Além disso, a Cannabis medicinal também é usada para controlar náuseas e perda de peso e pode ser usada para tratar o glaucoma.

Uma área de pesquisa altamente promissora é seu uso para no Trantorno de Estresse Pós-Traumático. Muitos veteranos e seus terapeutas relatam uma melhora drástica e clamam por mais estudos e por um afrouxamento das restrições governamentais ao seu estudo.

A Cannabis medicinal também ajuda os pacientes que sofrem de dor e síndrome de debilidade associada ao HIV, bem como síndrome do intestino irritável e doença de Crohn.

Mais estudos ainda precisam ser feitos, mas o potencial benéfico já se mostra imenso!

Esses são apenas alguns dos benefícios que a Cannabis pode trazer! Veja em nosso blog outros estudos e palestras com médicos que já a utilizam no Brasil.


REFERÊNCIAS:

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Matérias Relacionadas